TUDO SOBRE A CHAPADA DIAMANTINA

Geologia

Entenda as formações rochosas da Chapada Diamantina
A Chapada Diamantina é na sua maioria formada por rochas sedimentares (Argila, Silte, e Seixos) de origem Esturiana (sedimentos depositados entre os rios e os oceanos), Aluvial (sedimentos carregados para grandes bacias por enxurrada e rios sujeitos a inundações), Fluvial (sedimentos carregados por córregos e pequenos rios), Glacial (sedimentos depositados em períodos de congelamento planetário).
Além das intrusões (material depositado em fraturas e falhas, e também na subducção, quando uma placa tectônica é empurrada para baixo de outra, e nos soerguimentos (quando a placa é empurrada para cima) e também sedimentos depositados nos Rilty Valley (abertura na placa tectônica tão profunda que o mar migra para essa área).

         

A Chapada é tão antiga geologicamente que existem rochas com idade superior há 3 bilhões de anos. O fenômeno geológico que deu formato atual da Chapada chama-se distensão tectônica ocasionadas na criação do Rilt Valley, que separou a Gondwana (parte sul da Pageia, 1º grande massa continental conhecida) em Antártida, América do Sul, África, Índia, Madagascar, Nova Guiné, Nova Zelândia, Austrália, Seyclelles, Nova Caledônia!

 

As rochas de origem vulcânica encontradas na chapada, assim como sedimentares foram tão metamorfisadas (alterações causadas pelo tectonismo variados e pressão hidrostática) que mudaram sua natureza fisioquimica.
Especula-se também que um grande meteoro, ajudou com o seu impacto na formatação atual da Chapada Diamantina, principalmente a região da Serra do Sincorá, onde esta localizado o Parque Nacional.

 

SÍLICA E O QUARTZO NA CHAPADA DIAMANTINA

 

A sílica é o mineral mais abundante do planeta, suas moléculas associadas somente as de oxigênio sob uma pressão tectônica transformassem em cristal puro. Aquele branco transparente. Associações simples da dupla sílica e oxigênio nessas condições com outros minerais dão origem ao reino das pedras preciosas, por exemplo: moléculas de sílica, oxigênio, ferro e pressão gera-se a ametista. E assim por diante.

 

O quartzo possui uma associação molecular que é bastante particular, os movimentos das suas partículas subatômicos produzem energia. Na Chapada Diamantina existem milhares de veios de cristais puros e suas montanhas são também blocos gigantescos de quartzitos.

 

Venha se fortalecer com a energia da Chapada e conhecer muito sobre as ações dos vários movimentos tectônicos extremos que aconteceram com o planeta.

Venha descobrir esse paraíso!